Resultados encontrados: 2022

DEIXAREI SAUDADE − 193

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Eu era uma chácara. Falo isso porque, quando surgi, tudo por aqui¹ era espaçoso, quintais enormes e quem dominava o ambiente era o Seu Clarindo², tanto que muito desses imóveis atualmente pertencem aos seus descendentes. Lá na praça era ponto de parada de carros de bois. Quando chovia, uma barraiada danada. Na seca, a poeira […]

DEIXAREI SAUDADE − 194

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Ainda não sei com certeza o que mais minhas paredes ouvem dentro de mim, se televisão ou rádio, pois quando não é um é o outro que está ligado, e às vezes os dois de uma veizada só. Sendo assim, posso dizer sem medo de errar que sou um dos imóveis mais bem informados na […]

DEIXAREI SAUDADE − 195

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

É o epílogo do meu fim. Ou ainda, é o fim do meu epílogo. Tenho certeza que muitos viram nessas duas frases uma redundância, pois epílogo e fim são sinônimos. Acontece que eu, na sabedoria de minha estrutura, quero dizer que é o fim, o epílogo de minha existência, pois quando se finda o fim […]

DEIXAREI SAUDADE − 196

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Só os mais novos imaginam que eu sempre fui assim arrumadinha. Nadica de nada. Aqui ao meu lado está esse monstrengo que tem uma agência do Banco do Brasil¹. Ora se não, eu era bem acabadinha no tempo em que não existia esse edifício aí e no lado de lá funcionava um supermercado da COOPATOS. […]

DEIXAREI SAUDADE − 197

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Uma das características do progresso é que, paulatinamente, o casario da região central da Cidade vai deixando de ser moradia para se transformar em comércio. É batata, não tem volta. Algumas famílias ainda resistem, teimosas que são. Essa é a primeira etapa. Depois vem a fase dois do progresso, que é a substituição do casario […]

DEIXAREI SAUDADE − 198

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Tenho notado muita gente passando por mim e me encarando como se já conhecesse minhas entranhas. Na maioria jovens e eu até entendo o motivo. Antes quero deixar bem claro que, mesmo simplesinha, já fui lar de algumas almas. Isso nem me lembro mais, de tanto tempo que faz. E de lá para cá eis […]

DEIXAREI SAUDADE − 199

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Sou uma privilegiada por ser rodeada de ensino. Logo à frente tem a Escola Professor Modesto, a UEP, a APAE e ainda a Casa de Cursilho. E logo ali na Rua Major Gote, o Colégio Marista¹. Desde que me conheço por casa minhas estruturas têm ouvido o zunzum da garotada, que às vezes até passa […]

DEIXAREI SAUDADE − 200

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Eu reparo nessas casas novas que pipocaram por aqui¹ nos últimos anos e não consigo entender o porquê tamanha preocupação em colocar grades nas janelas, cercas elétricas, câmeras e portões altos. Olho para elas e depois para dentro de mim. E é cada casa bitela com arquitetura diferenciada da minha. É, digamos que são mais […]

DEIXAREI SAUDADE − 201

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Os humanos não sabem que os imóveis trocam irradiações paredais entre si. E se eles não sabem disso, obviamente não têm a mínima noção do que seja isso. Como atualmente me sinto por demais revigorada pela reforma que sofri, na base da boa vontade vou tentar explicar o que é isso. É uma espécie de […]

DEIXAREI SAUDADE − 202

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Certas vivências glorificam as estruturas de qualquer imóvel, por mais simples que sejam. O cidadão, para ser considerado alguém que representa ou representou alguma coisa para o Município, não tem que, necessariamente, ser provido de poderes econômicos além da maioria. É por isso que tenho muito orgulho das almas que aconchego. Pouca coisa sei sobre […]

E AS CARRETAS CONTINUAM A MOLESTAR A AV. GETÚLIO VARGAS

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Não tem jeito, não tem eleição que corrija essa sandice, que vem desde 1982 quando da construção da rodovia Patos de Minas-Presidente Olegário. Na oportunidade, reivindicado o asfaltamento de um trecho de 7 km da Rodovia BR-365 ao alto da hoje Avenida Marabá, o então Secretário Wando Pereira Borges afirmou: Essa decisão é difícil, porque […]

E AS CARRETAS CONTINUAM A MOLESTAR A AVENIDA PARACATU

Postado por e arquivado em 2022, DÉCADA DE 2020, FOTOS.

Não tem jeito, não tem eleição que corrija essa sandice, que vem desde 1982 quando da construção da rodovia Patos de Minas-Presidente Olegário. Na oportunidade, reivindicado o asfaltamento de um trecho de 7 km da Rodovia BR-365 ao alto da hoje Avenida Marabá, o então Secretário Wando Pereira Borges afirmou: Essa decisão é difícil, porque […]